A Avaliação das Grandes Obras Públicas: o caso do Metro do Porto

Autores

Paulo Pinho
Universidade do Porto
https://orcid.org/0000-0001-5159-8856
Manuel Vilares
Universidade de Lisboa

Resumo

Este livro, de autoria dos Professores, Paulo Pinho e Manuel Vilares, procura responder a uma das lacunas consensualmente reconhecidas entre nós, e que diz respeito à ausência de uma prática generalizada de avaliação dos impactos das grandes obras públicas, uma vez realizadas e em funcionamento, recorrendo a abordagens pluridisciplinares e metodologias de base científica. O caso estudado é o da 1ª Fase do Metro do Porto. Procuramos responder às duas questões seguintes, que se podem adaptar, aliás, a qualquer outra obra pública: Como seria agora a cidade do Porto e a sua Área Metropolitana se não existisse o Metro do Porto? Em que medida os benefícios trazidos por esta nova infra-estrutura de transporte compensam os custos suportados com a sua construção e o seu funcionamento?
A resposta a estas questões permite concluir que o Metro do Porto é um projecto que do ponto de vista económico, social e ambiental é altamente rentável, contribuindo decisivamente para uma melhor qualidade de vida, competitividade e sustentabilidade da Área Metropolitana do Porto mas que, a não se alterar o actual modelo de financiamento, se irá tornar, a prazo, financeiramente insustentável.

Publicado
janeiro 1, 2009

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: booki

booki
ISBN-13 (15)
9789727521142
Dimensões Físicas
211mm x 297mm

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: U.Porto Edições

U.Porto Edições
ISBN-13 (15)
9789727521142
Dimensões Físicas
211mm x 297mm